Tutorial: Adicionando dados aberto à sua Bacia

Site: OpenCourseWare for GIS
Disciplina: QGIS Para Aplicações Hidrológicas
Livro: Tutorial: Adicionando dados aberto à sua Bacia
Impresso por: Guest user
Data: quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 às 08:54

1. Introdução

Agora que nos temos definidos os limites da nossa área de estudo, a bacia hidrográfica Rur, podemos procurar dados de acesso abertos disponíveis na internet.



2. Teoria

Assista este webinar sobre dados aberto.



3. Preparar o Projeto

Antes de iniciamos, certifique-se que você tem as seguintes camadas carregas no QGIS:

  • Limites da Bacia Hidrográfica do Rur
  • Camada de máscara de preenchimento de polígono invertido do capítulo anterior
  • Trecho de Drenagem na Bacia hidrográfica do Rur
  • Pano de fundo Padrão OSM do QuickMapServices

Existem várias maneiras de iniciar este novo documento de mapa, mantendo a simbologia estabelecida durante o exercício de delimitação da bacia hidrográfica. Você pode abrir o documento de mapa do capítulo anterior e escolher Salvar como .... Você também pode abrir um novo documento de mapa e copiar / colar as camadas do exercício de delimitação da bacia de captação nele. Para fazer isso, abra o projeto do capítulo anterior, selecione essas camadas, clique com o botão direito e escolha Copiar camada no menu de contexto. Em seguida, clique com o botão direito do mouse no Painel de camadas do novo projeto e escolha Colar camada / grupo. 

A tela do seu mapa agora deve ser semelhante à figura abaixo:

start chapter 6

4. Adicionando dados de serviços de mapas da web

Nesta seção, vamos usar dados de um serviço de mapas da web. Neste exemplo, usaremos dados da Agência Europeia do Meio Ambiente - European Environment Agency (EEA). A AEA é uma agência da União Europeia (UE) que fornece informação independente sobre o ambiente, ajudando assim os envolvidos no desenvolvimento, adoção, implementação e avaliação da política ambiental, bem como informando o público em geral. Agência Europeia do Meio Ambiente fornece mapas sobre áreas temáticas, como ar, água, alterações climáticas, biodiversidade, solo e ruído. Os serviços de mapas estão acessíveis em  http://discomap.eea.europa.eu.


1. Acesse o site http://discomap.eea.europa.eu. Lá você verá uma lista de temas.

2. Clique em Land. Aqui você pode ver o conjunto de dados da EEA relacionado à cobertura do solo e suas descrições.

3. Procure os dados CLC2012 Web Mercator (MapServer) e clique em More info para ver quais dados ele contém.

4. Clique na imagem do mapa à esquerda para abrir um visualizador de mapa interativo.

5. No visualizador de mapas, clique na guia Legend e amplie a área da bacia do Rur.

A tela agora parece com a figura abaixo.

CORINE Web

6. Agora vamos adicionar esses dados de cobertura do solo ao nosso projeto QGIS. Vá para o seu projeto QGIS e clique no botão Gerenciador de fontes de dados livres open data source manager button da barra de ferramentas no menu principal ou usando o atalho Ctrl + L. 

7. Na caixa de diálogo Gerenciador de Fontes de Dados Livres escolha WMS/WMTS.

8. Na caixa de diálogo que se abre, clique no botão Novo.

9. Na caixa de diálogo a seguir, digite EEA CORINE 2012 parar Nome.

10. Você pode encontrar a URL no site abaixo do título do CLC2012 Web Mercator (MapServer). Clique com o botão direito em WMS e escolha Copiar endereço do link.

copy link location
11. Cole o link no na caixa de diálogo Criar uma nova Conexão WMS/WMTS no QGIS. Mantenha os padrões e clique em OK.

create new wms connection

12. De volta à outra janela de diálogo, clique em Conectar. As camadas agora será recuperadas do servidor WMS.

wms connection

13. Clique em Wetlands para que seja destacado, escolha PNG para o formato de codificação da imagem (isso permite transparência), e marque a caixa antes de usar Usar WMS contextual legend. Então clique em Adicionar e Fechar para retornar para  a tela principal. Observe que as camadas WMS são imagens georreferenciadas, não vetores.

  • Você pode ver que a área de origem da bacia hidrográfica de Rur está localizada em zonas úmidas. Quais são os nomes dessas zonas úmidas?
  • Em que país / países estão essas zonas úmidas?

14. De forma semelhante, adicione Superfícies Artificiais.

  • INa parte intermediária da bacia hidrográfica existem algumas grandes áreas roxas. O que são essas áreas?

15 Adicione a camada Google satellite do QuickMapServices para ter uma visão mais detalhada destas feições. Descreve o que você ver.

  • Quais são as outras classes de Superfície Artificial no mapa? Você pode descrever a distribuição geográfica da população na bacia hidrográfica de Rur??
  • Quais são as maiores cidades da bacia?


16. Carregue as classes restantes..

  • Onde estão localizadas as florestas e áreas agrícolas?

17. Agora reorganize as camadas para que você tenha um mapa com o limite da bacia, rede de fluxo e as classes de cobertura da terra.

overlays wms

18. Salve o projeto antes de você continuar.

Se você tem tempo, você pode ver mais dados do EEA de maneira similhar ou procurar outros serviços de mapa web.

Existem diferentes serviços da web que você pode usar no QGIS. Existem os serviços OGC: WMS, WFS e WCS. Enquanto o WMS renderiza uma imagem dos dados, o WFS e o WCS fornecem os dados vetoriais e raster, respectivamente. Você também pode se conectar a Infraestruturas de Dados Espaciais que usam GeoNode ou a AcGIS Map Server e ArcGIS Feature Server. Essas conexões estão disponíveis no Gerenciador de Fontes de Dados Livres e painel navegador.

5. Adicionar Dados Vetoriais do OpenStreetMap

OpenStreetMap (OSM) é um projeto colaborativo para criar um mapa do mundo editável gratuitamente. OSM é considerado um exemplo proeminente de informação geográfica voluntária (VGI) ou crowdsourcing. Existem várias maneiras de usar os dados:

  • Por meio do mapa no site do  (http://www.openstreetmap.org)
  • No QGIS você pode adicionar mapas bases OSM via o complemento QuickMapServices
  • No QGIS você pode fazer o donwload os dados OSM diretamente da internet. São varias maneiras de fazer isto. Nesta seção iremos usar o complemento QuickOSM que usa a API Overpass.

Nesta seção, vamos baixar os dados vetoriais OSM diretamente no QGIS para a área da bacia Rur. Continuamos a paritr dos resultados anteriores, mas visualizamos apenas as camadas Rur_Catchment e Channels_Clip. As outras camadas devem ser desmarcadas.

1. Instale o complemento QuickOSM atráves do menu principal: Complementos | Gerenciar e Instalar complementos. Pesquise por QuickOSM.

2. Abra a caixa de diálogo QuickOSM escolhendo Vetor | QuickOSM | QuickOSM no menu principal.

quickosm menu

Primeiro vamos fazer o download os rios para que possamos compará-los com os os rios delimitados anteriormente. Os atributos de dados OSM consistem em chaves e valores. Para saber mais sobre isso, clique em Ajuda com chave / valores.

3. Escolha waterway como chave, river como Valor. Escola o polígono Rur_catchment como extensão. Observe que você também pode selecionar a extensão da tela. Clique na seta antes de Avançado e certifique-se que apenas , caminho, Relação, e Linhas estão marcados (você precisa selecionar a geometria que deseja baixar). A caixa de diálogo deve se parecer com a figura abaixo. Clique em Executar Consulta.

quickosm dialogue

Você pode aumentar o valor de Tempo limite se tiver uma conexão lenta com a Internet.

A nova camada será adicionada como uma camada temperaria, conforme indicado pelo íconescratchlayer indicator indicador de camada rascunho temporária no espaço do indicador à direita da camada no Painel de Camadas.

4. Ajuste o estilo e compare o waterway_river  do OSM com a camada Channels_Clip.

  • O que você observa?

5. Vamos adicionar as minas de forma semelhante. Use key=landuse e value=quarry. Não esqueça de selecionar Multipolígonos em vez de Linhas.

6. Defina o estilo dos polígonos com preenchimento cinza e traço preto usando uma fonte itálica.

7. Rotule os polígonos com o atributo Name. Altere para a guia Formataçãolabel formatting tab e insira um espaço como Quebrar linha no Caractere. Em seguinda, defina o Alinhamento para Centro. Mude para a guia Renderização label rendering tabe clique em Desenhe apenas rótulos que se ajustam completamente ao recursos.

8. Tente localizar Jülich. Você pode também pode usar o complemento GeoCoding para localizar Jülich. Você pode instalá-lo atráves do menu principal: Complementos | Gerenciar e Instalar Complementos. Pesquisa por GeoCoding.

O complemento GeoCoding  usa serviços da web (Nominatim e Google) para ir buscar as coordenadas de um endereço.

9. Agora amplie o centro de Jülich.

julich

Fora de Jülich fica o Forschungszentrum Jülich, um grande instituto de pesquisa. No Sul e leste vemos uma grande mineração de superfície de lignite. O do sul está na bacia hidrográfica de Rur.

10. Agora compare a pedreira derivada do OSM com um satélite do Google e o mapa de superfícies artificiais do EEA.

  • Quais são as diferenças?
  • Qual está mais atualizado? A camada Satélite Google, EEA ou OSM?
  • Como a hidrografia se relaciona com a pedreira (OSM versus delimitado pelo SIG)?

Lembre-se de que as camadas que foram adicionadas por meio do QuickOSM são camadas temperárias, indicadas por scratchlayer indicator. Existe uma opção para tornar a camada permanente, mas a opção de exportação da camada é mais flexível. Usaremos isso para salvar a camada no GeoPackage criado na lição anterior.

11. Clique no botão direito sobre a camada, escolha Exportar | Salvar Feições Como.

export osm to geopackage

12. Na caixa de diálogo Salvar camada vetorial como, para Formato, escolha GeoPackage. Em Nome do arquivo,  navegue até Rur_data.gpkg criado no capítulo anterior. No Nome da Camada digite Quarries. Este será o nome da camdaa dentro do GeoPackage. Mude o SCR para o do projeto (EPSG: 32632). Clique em OK.

save osm to geopackage

13. Agora adicione alguns outros recursos interessantes (pontos, linhas e polígonos) e adicione-os ao GeoPackage:

  • Dams: chave=waterway, valor=dam
  • Lakes: chave=natural,valor=water
  • Springs: chave=natural, valor=spring

14. Agora estilie as camadas. Comece com os lagos (lakes). Você pode usar a mesma simbologia e configurações de rótulos usadas na Lição 1. A maneira mais simples de fazer isso é abrir o documento de mapa, clicar com o botão direito do mouse na camada lagos (lakes) e escolher Estilo | Copiar Estilo | Todas as Categorias de Estilo do menu de contexto. Em seguida, abra o documento de mapa atual e novamente clique com o botão direito do mouse na camada lagos (lakes) e escolha Estilo | Colar Estilo | Toda as Categorias de Estilo do menu de contexto. Mude para o guia Renderização label rendering tabe clique em  Desenhe apenas rótulos que se ajustam completamente a feição.

Outra opção é abrir as Propriedades da camada da camada de lagos (lakes) no documento de mapa do capítulo "Preparando dados de mapas impressos". Alterne para a guia simbologia e expanda a seção Renderização da Camada. Clique no menu Estilo e escolha Salvar estilo. Na janela Salvar estilo de camada, salve o estilo como lakes.qml na pasta de exercícios. Mude para o projeto atual. Abra Propriedades da camada para a camada lagos (lakes) e na seção Renderização da camada, clique no menu Estilo e escolha Carregar estilo. Escolha o arquivo lakes.qml que acabou de salvar. Essa é uma boa opção se você for reutilizar um estilo repetidamente.

15. Em seguida, você trabalhará com as linhas de barragem (dam). Dê a eles uma cor preta e uma largura de traço de 0.86 mm.


16. Clique no botão Adicionar Camadas de Símbolos add symbol layer. Selecione o componente Linha Simples e escolha um Símbolo de linha Marcador. Selecione o componente Marcador Simples e escolha o símbolo de linha vertical entre as opções exibidas abaixo. Aumente a largura do traço para 0.2 mm e o tamanho para 3 mm. A visualização do símbolo de barragens (dams) agora deve ser semelhante a este símbolo dam symbol.png.

17. Finalmente, você estilizará as pontas de mola. Faça a camada de destino no painel de estilo de camada. Selecione o componente Preenchimento Simples. Escolha um tipo de camada símbolo de marcador SVG. Selecione a pasta de símbolos e encontreblue marker.png. Aumente o tamanho (largura e altura) para 6 mm cada.

6. Conclusão

Nesta lição você aprendeu a:

  • Adicionar Serviço de Mapa web OGC para QGIS
  • Fazer o download de vetores de OpenStreetMap usando o complemento QuickOSM plugin
  • Estilizar dados abertos da web
Você pode ver a este webinar para o procedimento completo: